Segunda, 06 de Dezembro de 2021
22°

Poucas nuvens

Brasilândia - MS

Saúde DENGUE

Saúde de Brasilândia identifica alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti

Brasilândia está em situação de médio risco

09/11/2021 às 10h09
Por: Redação
Compartilhe:
Ilustração
Ilustração

Devido a grande quantidade de chuvas que caiu nas últimas semanas, alguns pontos da cidade já começam a mostrar os sinais do aumento da proliferação do mosquito Aedes Aegypti em Brasilândia. 

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, recentemente, os profissionais do Setor de Endemias realizaram o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa).

 

O resultado foi o registro de 3.6%, sendo que o preconizado pelo Ministério da Saúde é de até 1%. O levantamento é feito a cada dois meses e serve de referência nos trabalhos realizados pela equipe de Endemias e Vigilância em Saúde.

 

Com isso, Brasilândia está em situação de médio risco, devido a quantidade de amostras coletadas evidenciando a proliferação de larvas do mosquito da dengue. 

 

De acordo com o responsável pelo setor, Rogério Cortri, pede a colaboração da população que deve ser redobrada no intuito de reforçar os cuidados para evitar que o número de incidência do mosquito, que é transmissor do Zika Vírus, Chikungunya ou Dengue, não aumentem em Brasilândia.

CUIDADOS

- Mantenha o lixo em sacolas fechadas e lixeiras tampadas.

- Armazene as garrafas vazias com a boca para baixo.

- Tampe todos os barris e tonéis de água.

- Coloque areia nos pratinhos dos vasos das plantas.

- Lacre a caixa d’água.

- Limpe a bandeja de ar-condicionado.

- Remova a sujeira das calhas.

- Guarde pneus e garrafas de vidros em locais cobertos.

- Lave o recipiente e troque a água dos seus animais diariamente.

- Tampe os ralos.

- Retire a água do reservatório do degelo da geladeira.

Ele1 - Criar site de notícias