Quarta, 28 de Julho de 2021
(67) 9 9632-0879
Cidades INCLUSÃO PROGRAMA

Agricultura Familiar recebe mais apoio com inclusão de Brasilândia no Programa de Aquisição de Alimentos

O orçamento do Programa é composto por recursos do Ministério da Cidadania, do Governo Federal

26/06/2021 09h21 Atualizada há 1 mês
131
Por: Redação
Prefeito Dr. Antonio esteve na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico - Assessoria de Imprensa
Prefeito Dr. Antonio esteve na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico - Assessoria de Imprensa

Brasilândia foi selecionada neste ano para realizar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA - Estadual). E para alinhar e também autorizar o início do programa no Município, houve na manhã desta quinta-feira (24), na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, uma reunião com vários representantes públicos.

 

Participaram deste encontro o prefeito, Dr. Antonio Thiago; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Jorge Madeira; o secretário-adjunto, Jorge Henrique; as técnicas da SEMAGRO, Alana Neto e Karla Nadai; a técnica municipal da Agraer, Franciele Francielle Louise Malinowski, Patricia Lopes, representando a Secretária Municipal de Assistência Social e o vereador Nilvaldo Nunes.

 

PAA

Criado e 2003, o Programa de Aquisição de Alimentos tem como finalidade em promover o acesso à alimentação e incentivar agricultura familiar.

 

O PAA incentiva a compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e à quelas atendidas pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino.

 

O orçamento do Programa é composto por recursos do Ministério da Cidadania, do Governo Federal.

 

Brasilândia foi selecionada para realizar a compra desses produtos, na qual pretende beneficiar 10 pequenos produtores da agricultura familiar, cujo o valor total do recurso será de R$ 65.000,00.

 

Com isso, a compra entre o Município e pequeno agricultura fomenta a economia local e promove a circulação do dinheiro dentro da cidade, além de garantir uma alimentação melhor às famílias em estado de vulnerabilidade. 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

 

Ele1 - Criar site de notícias