Quarta, 28 de Julho de 2021
(67) 9 9632-0879
Cidades CUIDADO COM A "TORA"

Tora de eucalipto "voa" de carreta, perfura para-brisa e para dentro de carro

Sem ferimentos, condutor ficou com prejuízo material pois não identificou carreta

27/06/2021 18h52
341
Por: Redação
Carro danificado após ser atingido por uma tora de eucalipto - Foto:Rio Pardo News
Carro danificado após ser atingido por uma tora de eucalipto - Foto:Rio Pardo News

Na tarde deste sábado (26), por volta de 16h30min, um morador da cidade de Ribas do Rio Pardo e que trabalha no município de Água Clara, foi surpreendido na altura do KM 185 da BR- 262,  com uma tora de eucalipto de aproximadamente 2 metros que se desprendeu do segundo vagão de uma carreta que seguia no sentido contrário e quebrou o para-brisas do veículo e ficou preso na parte anterior do volante.

O condutor do carro, Valdeir Barbosa, contou ao jornal Rio Pardo News que viajava sozinho e não conseguiu identificar a carreta. Ele tentou desviar o carro, mas não conseguiu e foi parar no acostamento.

“Eu cruzei pela carreta e o pedaço de madeira desprendeu-se do segundo vagão. Como estava muito próximo e rápido não consegui desviar. A madeira entrou dentro do carro. Não me machuquei, estou bem. Infelizmente fico com prejuízo, mas graças a Deus estou bem”, relatou ao jornal da cidade em tom de alívio.

O condutor conta que tudo foi muito rápido e não houve tempo de reação. “Eu cruzei pela carreta e o pedaço de madeira desprendeu do segundo vagão, como foi muito próximo e rápido não consegui desviar. A madeira entrou dentro do carro desviando no volante e na minha mão ( ao tentar se proteger)”, detalha.

Valdeir conta ainda que, retornou até a base da Polícia Rodoviária Federal, cerca de 50 quilômetros dali para tentar alguma providência, mas não teve êxito. “Como não tinha discrição correta da carreta, segundo os agentes (PRF), não tinha nada que pudesse ser feito”.

Barbosa pede mais atenção aos os motoristas que trabalham com esse tipo de carga. “No mínimo conferir a carga antes de pegar a pista, sei que muitos tem essa responsabilidade, mas já presenciei muitos outros que nem se quer param, antes de entrar na pista.

Preocupado com a possibilidade de que acontecem outros acidentes, o condutor também usou o Facebook para descrever o livramento e, fez um apelo aos motoristas.

 CREDITO: RIO PARDO NEWS

 

Ele1 - Criar site de notícias