Quarta, 28 de Julho de 2021
(67) 9 9632-0879
Polícia ROUBE MÁQUINAS

Polícia Civil de Brasilândia esclarece autoria de roubos de máquinas agrícolas e prende autor em flagrante

A primeira máquina foi apreendida ainda na madrugada na cidade de Bataguassú

06/07/2021 10h37
437
Por: Redação
Primeira máquina foi apreendida ainda na madrugada na cidade de Bataguassu - Foto: Policia Civil de Brasilândia
Primeira máquina foi apreendida ainda na madrugada na cidade de Bataguassu - Foto: Policia Civil de Brasilândia

A Polícia Civil de Brasilândia esclareceu a autoria de um roubo de duas máquinas pá carregadeira ocorrido na madrugada de segunda-feira (5) no município e prendeu o autor em flagrante.

 

O fato chegou ao conhecimento da Polícia Civil ainda durante a madrugada e os agentes passaram a fazer diligências juntamente com policiais militares com o propósito de obter informações e recuperar as máquinas roubadas. 

 

Segundo relatado à Polícia, dois operadores de máquinas trabalhavam em uma área de plantio de eucalipto da Suzano quando o primeiro deles foi abordado por dois homens armados, os quais teriam anunciado o assalto.

Após render o primeiro operador eles teriam se deslocado cerca de dez quilômetros e rendido o segundo operador. Um dos operadores teria sido obrigado a manobrar as máquinas e leva-las a um ponto na estrada onde dois caminhões prancha que haviam sido contratados para o frete sem saber que as máquinas eram roubadas estavam aguardando. 

 

Um dos caminhões foi abordado pela PM na cidade de Bataguassú e o segundo, que seguia para Campo Grande, o motorista, ao saber que as máquinas eram de origem ilícita, dirigiu-se até o GARRAS e apresentou o maquinário naquela Delegacia. 

Segunda máquina foi apreendida pelo GARRAS já em Campo Grande

A Polícia Civil, por meio do G.A.R.R.A.S. e da Delegacia de Brasilândia passou a investigar o caso e verificaram incongruências entre as versões apresentadas pelos motoristas contratados para o frete e a versão de um dos operadores que disse ter sido o primeiro a ser rendido pelos autores do roubo. Nas investigações ficou apurado que um dos operadores de máquina, E.C.G., 32 anos, teria colaborado com os autores do roubo e parecia ter relação de amizade com eles. 

 

E.C.G., 32 anos, acabou confessando que participou do roubo tanto no levantamento das informações preliminares quanto no apoio para a abordagem realizadas em seu colega de trabalho, que foi rendido e amarrado pelos ladrões.

 

As investigações terão continuidade para a tentativa de identificação dos demais envolvidos no crime. O maquinário, avaliado em cerca de R$ 960.000,00 foi apreendido e restituído à empresa proprietária.

 

A Polícia Civil solicita que a sociedade colabore por meio de denúncias anônimas que podem ser feitas via WhatsApp com total sigilo. O número para denúncias é 67 999879169. 

Ele1 - Criar site de notícias